top of page
  • Foto do escritorTeatro Lusco-Fusco

Alma Luz Adélia, artista da Cia., é indicada ao APCA 2023


Crédito da foto: Hortencia Vieira.

Alma Luz Adélia, artista integrante da Cia. de Teatro Lusco-Fusco, acaba de ser indicada ao prêmio APCA (Associação Paulista de Críticos de Artes) 2023, a mais tradicional premiação brasileira na área da cultura. A indicação na categoria intérprete é pelo trabalho de Adélia como bailarina no espetáculo “VALA”, da Cia. Sansacroma, com direção de Gal Martins. Em reunião no dia 26 de julho, a Comissão de Dança da APCA selecionou os indicados do primeiro semestre de 2023 em seis das categorias que serão premiadas ao final do ano, depois das indicações do segundo semestre. As informações são da Cia. Sansacroma (@cia_sansacroma).


Com a Cia. de Teatro Lusco-Fusco, Adélia já havia sido indicada e premiada na categoria “Melhor Coreografia” no Prêmio MP (Musical Popular) de Teatro Independente 2019 pelo trabalho como coreógrafa do musical “Cantos de Coxia e Ribalta” – que na ocasião foi indicado em oito categorias e venceu em três delas: “Melhor Roteiro Original” (Alef Barros e Gustavo Dittrichi) e “Melhor Direção” (Gustavo Dittrichi), além de “Melhor Coreografia”.


Adélia entrou para a Cia. Lusco-Fusco entre 2013 e 2014, integrando o elenco do musical “Hair”. Desde então, permaneceu como integrante regular, participando de projetos em diversas funções. Atualmente, Adélia, além de professora de dança e bailarina em diversos projetos, é também figurinista do espetáculo “Bruxas de Avalon” da Cia. de Teatro Lusco-Fusco, com previsão de estreia para os próximos meses.

68 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page